Minha foto
Uberlândia, M. G., Brazil
A Biblioteca e Videoteca possuiu um extenso acervo de livros e vídeos com vaiados temas relacionados à saúde. Todo o material está disponível para: alunos, professores, profissionais ligados à saúde e comunidade em geral. Com acesso livre às informações em livros, jornais, revistas, filmes, CDs, DVDs e documentos digitalizados. A Biblioteca e Videoteca conta com espaço para estudos, ponto de acesso à internet para pesquisas e sala de exibição de filmes.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Novo Centro Municipal de Atenção ao Diabético dobra capacidade de atendimento em Uberlândia

Publicado em: 21/11/2016 14:13:37 - Atualizado em: 21/11/2016 14:27:57
A Prefeitura Municipal de Uberlândia reformou e revitalizou neste ano o Centro Municipal de Atenção ao Diabético (CMAD). A unidade fica no bairro Patrimônio e há 10 anos não passava por melhorias. O aumento no atendimento foi de 55% e em média passam pelo local 3.500 pacientes por mês.
Além da reforma na rede elétrica, reestruturação de colunas e vigas e novas salas, como a de curativos, por questão do pé diabético, e a de expurgo, destinada à limpeza, desinfecção e guarda dos materiais. Também fez parte da reforma melhorias na acessibilidade e construção de abrigo para o lixo hospitalar. Além disso, a farmácia foi redesenhada de acordo com o padrão da Vigilância Sanitária.
O Centro atende pacientes com diabetes tipo I, além de diabetes gestacional e diabetes tipo II, que apresentem lesões do pé diabético. Na unidade também são entregues tiras, lancetas, lancetadores, glicosímetro, seringas e insulina Lantus, seringas apenas para menores de 13 anos e usuários da Lantus.

Motofog é direcionado para bairros com maior índice de infestação do mosquito da dengue

Publicado em: 07/11/2016 17:22:06 - Atualizado em: 07/11/2016 17:22:26

Motofog é a nova arma da Prefeitura de Uberlândia no combate a dengueMotofog é a nova arma da Prefeitura de Uberlândia no combate a dengue
Em uma ação rápida do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), logo após a divulgação do resultado do Levantamento de índice rápido de Aedes aegypti (LIRAa) do mês de outubro, que aponta que 2,1% dos imóveis pesquisados possuem focos de reprodução do Aedes Aegypti, o CCZ direciona os motofogs para o combate ao moquisto transmissor da dengue, nos bairros que apresentaram maiores índices no levantamento.

As rotas de circulação das motos vão atender com prioridade os bairros que registraram maior índice no LIRAa. Nesta terça-feira (08) as rotas de circulação das motos serão passarão pelos bairros Portal do Vale, Povoado Santa clara e Residencial Maná.

Os motofogs são motos que realizam a aspersão do veneno que mata o mosquito, pelo sistema de escape do motor e representam uma ferramenta que auxilia a garantir os cuidados em saúde pública. O trabalho é parecido aos já conhecidos veículos fumacê, com a diferença de acrescentar agilidade e economia no processo.

Outra vantagem levada em conta para adoção desta abordagem contra a dengue é a facilidade de penetração em locais de acesso restrito como: ferros velhos, ruas estreitas, becos, ladeiras e terrenos baldios onde os convencionais veículos fumacês no entram. Cada moto carrega aproximadamente de 25 litros de veneno contra o mosquito e tem autonomia para até 04 horas de operação.

Eliminar a presença do Aedes aegypti dos bairros de Uberlândia é uma das preocupações Prefeitura Municipal para promoção de saúde da população. Além de contar com a mobilização das pessoas, a estratégia de gestão em saúde que Uberlândia não entrasse em epidemia de dengue no ano de 2017.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Crianças fazem homenagens aos professores em mostra fotográfica

Publicado em: 11/10/2016 08:34:04 - Atualizado em: 11/10/2016 09:36:47
Centro Administrativo - Bloco 1 saguão
Nesta terça-feira o movimento no saguão do Centro Administrativo será diferente, com a visita de crianças da Emei Maria Pacheco, com o objetivo de visitar a  Mostra Fotográfica Itinerante “Um Lugar Chamado Escola” e homenagear as professoras e professores pelo dia dedicado a este profissional. A Mostra foi aberta no fim de semana no Teatro Municipal e ainda percorrerá o Parque do Sabiá, Terminal Central e será encerrada no CEMEPE.
A exposição mostra imagens do cotidiano escolar, parte do acervo fotográfico da Secretaria de Educação.
Cronograma: 09/10 - Teatro Municipal
10/10 a 16/10- Prefeitura Municipal.
17/10 a 21/10 – Terminal Central
22 e 23/10 - Parque do Sabiá
24/10 a 31/10- CEMEPE
Serviço:
Visita de crianças à Mostra Fotográfica Itinerante
Local: Saguão prédio 2 Centro Administrativo
Data: terça-feira (11)
Horário: 15 h

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Congada comemora 140 anos de festa em Uberlândia

Publicado em: 10/10/2016 09:32:43 - Atualizado em: 10/10/2016 09:32:56
Com duas celebrações em uma única festa, mais uma vez a Congada marcou o mês de outubro em Uberlândia. O patrimônio cultural imaterial da cidade completou 140 anos de festa e 100 da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito.  “São cem anos e precisamos ritualizar, é isso que mantém e modifica as tradições”, comentou a secretária municipal de Cultura, Iara Magalhães.
A mistura de tradições e gerações pôde ser vista na manhã deste domingo (9), com a apresentação dos ternos na praça Rui Barbosa, onde se encontra a Igreja do Rosário. A festa, que só acaba amanhã (10), teve início dia 30 de setembro com as novenas
A apresentação contou com a presença de ternos tradicionais como Congo Rosário Santo, Congo Sainha, Marinheiro de São Benedito, Congo Cruzeiro do Sul, Congo Amarelo Ouro, Moçambique Angola, Moçambique do Oriente, Congo São Domingos, Catuapé, Moçambique guardiões de São Benedito, Marinheiro de Nossa Senhora do Rosário, Congo Prata, Moçambique de Belém, Catuapé (Dona Zulmira), Congo Verde e Branco, Moçambique Pena Branca, Moçambique Estrela Guia, Congo Santa Efigênia, Catuapé (Martins) e Moçambique Raízes.
Para o coordenador-geral do evento, Jeremias Brasileiro, a importância do centenário da irmandade e dos 140 anos da festa é mostrar a resistência a partir do ressoar dos tambores. “São os tambores que anunciam o tempo todo que a cultura negra dos antepassados está presente nessa cidade e ela precisa ser respeitada. É uma cultura que só existe até os dias de hoje porque tem uma essência que chamamos de ancestralidade”, comentou.
A preparação da festa acontece desde o começo do ano. Os trabalhos ficaram mais intensos nos últimos dois meses, com reuniões entre prefeitura e irmandade e entre as secretarias parceiras. Para o centenário a Secretaria de Cultura fez algumas inovações, como cobertura para arquibancadas e espaço de acessibilidade.
Quem gostou da novidade foi a cadeirante Valdete Caetano, que assistiu às apresentações com maior tranquilidade. Ela que há 30 anos acompanha a festa disse que é um momento imperdível. “Mesmo com a dificuldade de locomover, só de estarmos participando do centenário é importante e também ver as crianças renovando a tradição”, disse.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Obra do viaduto fechará uma pista da Av: Rondon Pacheco neste domingo

Publicado em: 06/10/2016 10:26:50 - Atualizado em: 06/10/2016 10:37:21
A Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran) informa que neste domingo (09) a avenida Rondon Pacheco terá uma pista interditada, das 6 às 17 horas (sentido Center Shopping – Praia Clube), entre as ruas Machado de Assis e Santos Dumont, devido à construção do pilar central do viaduto da Rua Olegário Maciel.
Uma das opções sugeridas aos motoristas, como rota alternativa de desvio é pelo bairro Saraiva (conforme mapa), acessando a rua Machado de Assis até rua Tamaios e indo em direção à avenida Nicomedes Alves dos Santos, onde após o viaduto poderá acessar à Rondon.
A Settran lembra aos motoristas que devem evitar transitar pela área central (avenida Floriano Peixoto, Praça da Bicota e rua Rodolfo Correa), pois também neste domingo (09) e segunda-feira (10) haverá a festa da Congada no centro da cidade e várias vias estarão interditadas

sexta-feira, 24 de junho de 2016

24/06/2016 10h13 - Atualizado em 24/06/2016 10h28

Bicicletas do projeto 'Udi Bike' são furtadas em Uberlândia

Ao todo, seis veículos foram levados da estação do Terminal Municipal.
PM registrou a ocorrência e caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Do G1 Triângulo Mineiro
Udi Bike Uberlândia (Foto: Prefeitura de Uberlândia/Divulgação)Bicicletas foram roubadas na estação do
Terminal Municipal(Foto: Secom/Divulgação)
Seis bicicletas do projeto “Udi Bike” foram furtadas da estação do Terminal Municipal em Uberlândia. Segundo a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran), a empresa responsável pelo projeto na cidade já registrou um Boletim de Ocorrência (BO). 

As informações foram divulgadas pela Prefeitura de Uberlândia. Segundo a Polícia Militar, no dia 17 de junho foi feito o registro do furto de uma das bicicletas, na Avenida Rondon Pacheco. Durante a madrugada, um suspeito arrancou a peça que prendia a bicicleta e a levou. Posteriormente, foi informado à PM que outros cinco veículos também haviam sido furtados. O caso também é investigado pela Polícia Civil. Por meio de nota, a Prefeitura ressaltou a importância de a população contribuir evitando a depredação e ajudando na fiscalização dos equipamentos. As pessoas que tiverem informações podem acionar o Centro de Operações da Polícia Militar pelo 190. A ligação é anônima.
Projeto Udi Bike

O projeto foi criado com o objetivo de estimular o uso de bicicletas como meio de transporte alternativo e contribuir para melhoria da mobilidade urbana, além de incentivar a prática da atividade física e o lazer. O projeto está em funcionamento há dois meses e já registrou o cadastro de 5.914 usuários que realizaram 5.983 viagens. A iniciativa faz a manutenção e reposição periódica das bicicletas. O projeto possuía 40 bicicletas distribuídas em quatro estações, no Centro de Tecelagem, cruzamento das avenidas Rondo Pacheco e João Naves de Ávila, Teatro Municipal e Granja Marileusa, na Avenida Floriano Peixoto.



Os interessados em usar as bicicletas devem fazer um cadastro e adquirir um passe no site Udi Bike. Após o cadastro o usuário deve fazer a opção pelo plano ao qual deseja aderir. A bicicleta é retirada em uma das quatro estações e pode ser devolvida em qualquer uma delas. O valor da diária é de R$ 3; o plano semanal custa R$ 10; mensal R$ 20 e o anual R$ 50, sendo que é possível ficar, no máximo, duas horas com a bicicleta. Após esse período, é necessário aguardar dez minutos para renovar o passe. A compra dos passes é feita por meio de cartão de crédito. As horas excedentes são cobradas separadamente.

terça-feira, 5 de abril de 2016

Compartilhamento de bicicletas já é uma realidade em Uberlândia

Publicado em: 03/04/2016 16:34:57 - Atualizado em: 03/04/2016 16:40:06
A população de Uberlândia já pode contar com um meio complementar e sustentável de transporte urbano. Começou a funcionar neste domingo (3) o projeto Udi Bike, que é o compartilhamento de bicicletas disponibilizadas, a princípio, em quatro pontos da cidade. São 40 bikes que estão distribuídas nos seguintes pontos: Centro de Tecelagem, cruzamento da Rondo Pacheco com João Naves de Ávila, Teatro Municipal e Granja Marileusa. 
Uberlândia é a segunda cidade de Minas Gerais e a décima quinta do país a disponibilizar esse sistema, que é uma parceria público-privada entre a Prefeitura de Uberlândia com a Algar Telecom, o Instituto Algar e o bairro Granja Marileusa. O projeto será executado pela empresa Compartibike, com atuação em várias cidades do Brasil. O Município espera que outras empresas também possam participar da iniciativa, estendendo o sistema para outras regiões da cidade.
Para ter acesso às bicicletas, os usuários devem fazer um cadastro e adquirir um passe no site www.udibike.compartibike.com.br. A bicicleta é retirada em uma das quatro estações e pode ser devolvida em qualquer uma delas. O valor da diária é de R$ 3,00; o plano semanal custa R$ 10,00; mensal R$ 20,00 e o anual R$ 50,00, sendo que é possível ficar, no máximo, duas horas com a bicicleta. Após este período, é necessário aguardar dez minutos para renovar o passe. A compra dos passes é feita por cartão de crédito.
Para incentivar ainda mais o uso de bicicletas como transporte alternativo e conscientizar os motoristas, a Secretaria de Trânsito e Transportes fará ações educativas . Também está sendo criado um núcleo específico para a ciclo mobilidade para que a bicicleta seja introduzida ao trânsito de Uberlândia.